segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Me ajude a te ajudar

Pode a princípio não fazer muito sentido, ou até soar meio estranho mas na realidade talvez seja a definição mais pura do que podemos fazer para contribuirmos de forma construtiva com as pessoas a quem amamos.

Se pensarmos bem a respeito disso, vamos descobrir que ajudar não significa fazer algo por alguém, mas sim fazer esse alguém fazer algo por si mesmo. Não significa mostrar caminhos e opções, mas sim estar do lado quando esse alguém faz suas opções ou escolhe seu próprio caminho.

Por mais incoerente que possa parecer quem pede ajuda precisa primeiro querer se ajudar. As respostas aos nossos problemas ou dilemas estão dentro de nós mesmos, embora às vezes não consigamos ver isso com clareza. Ajudar alguém a se ajudar, é apenas mostrar que é possível descobrir essas respostas.

Na verdade, acho que não estamos preparados para isso. No geral, ajudar é fazer algo por alguém, mesmo que esse algo não seja exatamente o que essa pessoa precise. Não me refiro a ajudar alguém a atravessar a rua, um idoso a carregar suas compras, dar esmolas para um ceguinho, e outras coisas mais. Me refiro a ajudar uma pessoa a se resolver, ou seja, a se ajudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário